Postagens

Formalidade lógica e os jogos de linguagem

Imagem
Um dos eventos que ganha destaque em Wittgenstein é o fato do autor, no decorrer de sua vivência, modificar sua perspectiva e fazer duras críticas sobre sua primeira obra, o Tractatus. Wittgenstein percebeu que ao escrever o Tractatus no rigor formal da lógica, acabou afastado da realidade cotidiana e mesmo que uma linguagem formal perfeita fosse possível de ser desenvolvida, esta não teria sentido, não seria útil. Como crítica de sua primeira obra, Wittgenstein escreve as investigações filosóficas, onde a perspectiva formal é refutada e o foco de suas reflexões passa para observação da prática cotidiana, permitindo novos caminhos para o pensamento, caminhos que irão promover uma inovadora forma de pensar o humano, onde a linguagem é tratada em sua complexidade como jogos de linguagem e é nestes jogos que a razão se forma e os homens se constituem enquanto seres pragmáticos, racionais, culturais, de interação e ação social, tornando-se a própria linguagem enquanto práxis social. Na t

Obsolescência e a sociedade de consumo

Imagem
Uma das grandes ambições dos seres humanos sempre foi a busca da felicidade, até a chegada da modernidade pensava-se em encontrar a felicidade eterna, uma forma de felicidade que era a recompensa pelos pesares e superação dos desejos (sempre malignos!) que a vida impunha ao sujeito, pensava-se que uma vez tendo superado as tarefas da vida, a felicidade seria perene. Com a chegada da modernidade, pensava-se em alcançar A Felicidade, a forma universal de felicidade, que uma vez encontrada estaria a disposição de todos que soubessem seguir as instruções do entendimento racional a fim de contemplá-la. Até a modernidade, a busca da felicidade era tarefa pública, visando alcançar um conceito universal já preexistente. Na pós-modernidade a busca da felicidade passou a ser tarefa privada, a partir de conceitos efêmeros de felicidade. Dessa forma, o sujeito pós-moderno vive em constante estado de melancolia, pois estando a frente de inúmeras formas de conexões não consegue estar conectado a

Para os casamentos duradouros

Imagem
O assunto é sério, muitas pessoas desejam um relacionamento duradouro, mas nem todas conseguem. A ciência vem pesquisando sobre o assunto já faz algum tempo. É possível encontrar bom conteúdo sobre o tema, como este artigo acadêmico que selecionamos para você. Saiba o que as pessoas pensam sobre o que leva ao casamento duradouro. Separamos um artigo para aprofundar seu conhecimento, acesse em 10.9788/TP2017.2-05 ou escolha um dos servidores abaixo para acessar. [ GDrive ] - [ Keybase ] - [ PePSIC ] Também pode ser interessante adquirir maior conheimento sobre como conquistar um casamento bem sucedido investindo em alguns livros que podem ajudar você. Acesse algumas sugestões para leitura aqui. Se você é casado provavelmente se identificará com algum aspecto deste interessante vídeo. Aqueles que possuem experiência no assunto afirmam que é possível observar alguns pequenos detalhes que estão presentes no casamento. O vídeo dura 5 minutos e consegue capturar alguns detalhes do

Sons que afetam nosso cérebro

Imagem
Um estudo publicado no Journal of Neuroscience e elaborado por cientistas da Universidade de Newcastle buscou revelar alguns detalhes sobre a região do cérebro que processa o som, o córtex auditivo. Um tema interessante que mostra como os sons podem influenciar nosso comportamento. O processamento de emoções negativas quando ouvimos certos tipos de sons ocorrem nesta região chamada de córtex auditivo. Uma análise das características acústicas dos sons produzidos em frequências que vão de 2.000 a 5.000 Hz sugere que nestas frequências os sons podem estimular emoções desagradáveis. Neste sentido, é possível através do som influenciar as sensações e sentimentos. Isso não é novidade, em alguns filmes são misturados sons que jogados sobre uma determinada cena potencializam as sensações. O curioso é o nível de reação que cada som pode produzir. Segundo os pesquisadores um dos sons mais irritante é o de um metal raspando em vidro ou aquele som do giz raspando no quadro negro. Uma

IPFS: Compartilhe seus arquivos

Imagem
O IPFS (Sistema de Arquivo Interplanetário) é considerado um método de melhorar a Internet e o armazenamento, que funciona com um Rede P2P e tecnologia blockchain para criar um site totalmente seguro e distribuído. Atualmente, a web usa um protocolo chamado HTTP que, além de realizar todas as operações e enviar todas as informações para a nuvem, é conhecido por ser um servidor centralizado com várias desvantagens de segurança e acesso restrito ao conteúdo. Uma das principais vantagens que podemos encontrar em IPFS é que esta é uma rede descentralizada, composta de vários pontos de conexão. Isso garante o sistema e suas funções, além de evitar a comercialização dos nossos dados pessoais e ampliar outras opções de navegação. Por não depender de um único nó, torna a rede muito mais eficiente. Como as redes centralizadas dependem de um único ponto de conexão e, se houver uma falha de comunicação, isso afetará imediatamente o sistema. Neste formato de comunicação cada arquivo tem um has

Tenha um e-mail blockchain

Imagem
ETHMail é um serviço de hospedagem de e-mail. Ele fornece caixas de correio para todas as pessoas que possuem carteira Ethereum. Se você possui uma carteira de criptomoedas da rede ethereum, como a wallet Status, Wallet Connect ou MEW wallet. Basta conectar sua carteira ethereum no servidor de email e automaticamente poderá usar seuendereçoethereum@ethmail.cc . Nosso e-mail ficou assim, 0x5d9e9d4200e2bff0541c1389c33b43dc14aa89cf@ethmail.cc mas se você possuir um domínio blockchain associado com uma conta ethereum poderá usar o domínio no lugar da conta, como esse exemplo: jsilva.stateofus.eth@ethmail.cc ambos endereços de e-mail são na verdade a mesma conta na rede ethereum. O ETHmail possui conexão pop3, entre outras funcionalidades. Se a sua carteira possui um navegador Dapp embutido basta digitar o endereço: ethmail.cc no navegador e clicar em Login quando a página abrir. Associe sua carteira ao serviço ETHmail e pronto. Você poderá enviar e receber e-mail diretamente pela

Livros digitais: Uma agradável experiência

Imagem
Os livros digitais também chamados de e-books já superaram nos EUA em número de vendas os livros tradicionais. No Brasil o crescimento é lento, somos um país que possui um baixo índice de hábito de leitura enquanto sociedade. Desde o surgimento dos e-books, alguns problemas foram detectados e grandes empresas vêm se unindo na tentativa de transformar os leitores de e-books em produtos atrativos. O maior problema lá no início desta tecnologia, consistiu na portabilidade dos e-books. Cada empresa possuía seu próprio leitor de e-book que oferecia apenas um tipo de extensão de arquivo, ou seja, um tipo de e-book. Isso gerou uma grande quantidade de tipos de e-books, entre eles: PDF, ODT, LIT, DOC, OPF, PDB, VBO, TXT, RB, etc. A variedade é muito grande, o que dificultava a vida dos leitores. A solução foi propor uma extensão padrão para todos os equipamentos leitores, evitando desta forma a incompatibilidade de equipamentos e demais confusões devido a grande variedade de tipos de e-b

Morte, arte e cuidado paliativo

Imagem
Quando alguém chamado Samuel Nicholets morreu em 1661, na Inglaterra, um anel de ouro foi feito em sua homenagem. O autor do excêntrico anel é desconhecido. O anel é oco e possui no seu interior mechas de cabelo do próprio Nicholets. Estrategicamente as mechas podem ser observadas por aberturas no anel, elas foram inseridas dentro do anel por trás do brasão de armas esmaltado entre os desenhos de crânios e ossos. Ao que tudo indica é algo para lembrar e refletir sobre a mortalidade. O anel segue uma moda da época em se representar a morte pela confecção de anéis, brincos e outros tipos de ornamentos. Quase sempre com alguma parte do corpo do falecido, como unhas, cabelos ou dentes. A ocorrência de morte é algo tratado de diferentes formas em cada cultura, em alguns países é um tabu. No Brasil não é incomum um tipo de negação da finitude iminente. Esse é o caso vivenciado por pacientes em estágio terminal, onde a família precisa lidar com o trauma da despedida e muitas vezes não ace

Luta por reconhecimento: a gramática moral dos conflitos sociais

Imagem
Em seu livro, em um dado momento o autor toma como ponto de partida a Teoria Social de Mead, em uma aproximação com os escritos de Hegel em Jena, onde em ambos os autores é possível admitir que os processos de mudança social ocorrem na relação de reconhecimento recíproco. Honneth complementa o sentido prático dessa perspectiva assumindo que neste processo de reciprocidade do reconhecimento ocorre uma condição de coerção normativa, pressionando os participantes para uma ampliação das relações de reconhecimento mútuo. Honneth se concentra no aspecto da coerção normativa do reconhecimento como consequência da práxis social, culminando numa efetiva ação de luta por reconhecimento entre os agentes sociais, indivíduos e instituições. Na medida em que Honneth avança no capítulo 5, embora mantenha a centralidade em Mead e Hegel, ele vai buscando em diversos outros autores contribuições teóricas que demonstram a viabilidade de três situações distintas de produção do reconhecimento recíproc

Robô educativo e a competitiva política brasileira

Imagem
Você lembra do ED? Os chatterbots brasileiros são poucos e os que estão em funcionamento geralmente são projetos comerciais destinados a publicidade ou atendimento do público. Robôs do diálogo em educação, com o papel de falar sobre cultura e informações científicas, são poucos. ED foi um chatterbot agradável e educativo, ele conseguia conversar sobre diversas questões embora fosse focado em temas sobre o desenvolvimento de energia sustentável e meio ambiente. O Robô Ed foi desenvolvido em 2004 com a tecnologia InBot. O projeto era administrado via (CONPET/Petrobras) e o robô ED já fez declarações polêmicas que geraram até pedido de investigação no senado em 2011. A questão é que os políticos podem não ter conseguido usar de forma ética o robozinho educativo. O desenvolvimento do personagem-robô "Ed" feito pela empresa Insite para a Petrobras, envolveu uma equipe multidisciplinar de especialistas em diversas áreas como Inteligência Artificial, Computação Gráfica, Lingü

Orquídea macaco e a pareidolia

Imagem
A Orquídea Dracula Símia, também chamada de orquídea macaco, realmente parece imitar a cara de um macaco. Esta é uma daquelas coisas curiosas encontradas na natureza, onde é difícil não ficar impressionado com a beleza desta orquídea. Como ela é encontrada na natureza em regiões de grande altitude, entre 1000 e 2000 metros, não é fácil conseguir uma. A planta foi descoberta em 1978 nas florestas tropicais no Equador e Peru pelo botânico e naturalista Hugo Gunkel Luer. A orquídea macaco é um daqueles fenômenos onde atribuímos significado aos eventos que nos cercam, chamado de pareidolia. Além de identificar sons e imagens, naturalmente atribuímos significado a qualquer evento/estímulo que presenciamos. Isso nos faz enxergar ou escutar coisas improváveis. Na computação quando desejamos que um aplicativo identifique algo, usamos em alguns casos, métodos de comparação por características. Na identificação biométrica, por exemplo, o usuário cadastra características de sua digital em um

Demócrito e Leucipo: Atomismo Grego

Imagem
Esses dois pensadores viveram na Grécia por volta de 400 a.C. Teorizaram sobre a existência do vácuo onde a matéria poderia se mover livremente. Outra inovação atribuída aos pensadores, Demócrito e Leucipo, é a teoria dos átomos. Eles teorizaram que o universo precisaria ser composto de um número infinito de microscópicos pedaços, que não continham nenhum vazio, por isso não poderiam ser divididos. O fundamento dessa teoria é que tudo que existe é natural e se compõe de várias partes microscópicas indivisíveis, nada pode estar fora da natureza. Tanto para Demócrito como para Leucipo, tudo é parte da natureza e obedece às mesmas regras. Nesse caso, a alma necessariamente deveria ser composta de átomos. Sendo assim, a alma é um fenômeno físico que pode ser decomposto até sua parte indivisível. Isso sugeriria na perspectiva desses pensadores a impossibilidade de uma vida após a morte. Tudo que é indivisível pode ser eterno, mas só seria indivisível uma parte microscópica que compõe os