Seja bem-vindo(a)!
Este é um blog sobre Tecnologia, Filosofia, Educação e Curiosidades.

Confúcio: um pensador político

Jeferson Silva | post in Telegra.ph

Confúcio foi um pensador chinês que viveu entre 552 e 479 a.C. Um questão central nas ideias de Confúcio é que a harmonia no convívio entre as pessoas depende da integridade moral e ética de cada indivíduo. Uma sociedade sem cidadãos íntegros, enquanto comportamento ético, estaria propensa ao caos e a ruína.

Ao focar sua atenção na formação de pessoas íntegras e na construção de uma sociedade coesa e harmônica, Confúcio se tornou um pensador político.

Ele defendia que os governantes deveriam ser escolhidos não pela linhagem familiar, mas por seus méritos e competências. Atribuía como responsabilidade do governo garantir meios para uma educação moral e condições de trabalho para aquisição de bens materiais. Com educação adequada e progresso financeiro, as pessoas se formariam íntegras, éticas.

O conselho para os governantes era que eles deveriam tratar as pessoas tendo como medida o comportamento moral natural. Basicamente isso significa tratar os outros como gostamos de ser tratados.

Em sua época Confúcio foi professor e ocupou o cargo de ministro da justiça. Seus alunos registraram os ensinamentos em um texto intitulado “Os Analectos”.