Desperdiçando talentos


Posted by: Jeferson Silva
ID: 0000-0001-8117-6136
Tenho observado uma série de trabalhos efetuados por alunos no intuito de adquirir nota e consequentemente aprovação em seus respectivos cursos. Muito destas atividades acabam depois de avaliadas, caindo no esquecimento.

São ideias criativas que são desenvolvidas e posteriormente esquecidas. Em alguns casos, atividades meramente burocráticas são praticadas nas escolas, matando a própria motivação, caminha para a criatividade.

Acredito que professores e alunos podem desenvolver seus trabalhos de forma orientada aos problemas reais, algo que se assemelha ao modelo de educação por projetos.

A quantidade de alunos brasileiros nos níveis mais elevados de desempenho no Pisa é muito inferior à de outros países desenvolvidos. Isso se deve, em parte, ao fato de que não cultivamos talentos desde cedo.

Pode ser interessante perceber que uma educação que faça sentido demanda exercícios intelectuais conectados com a realidade local do aluno. Uma prática centrada na realidade cotidiana permite despertar interesses e motivação.

Sob esta perspectiva é desejado que os professores consigam trabalhar com uma pedagogia orientada por projetos realistas em um caminho pautado pela interação em grupos, algo que pode ser chamado de EduComunicação.

Se você é professor, considere a possibilidade de uma prática pedagógica orientada por projetos e sustentada pela dinâmica da EduComunicação.

Caso deseje uma leitura complementar, indico este ebook sobre EduComunicação em: GoogleDrive ou no repositório Keybase


Acompanhe novos conteúdos.
Acesse Newsletter aqui.

Postagens mais visitadas deste blog

Ganhe dinheiro com artesanato: curso gratuito

A primeira motocicleta

Simulador de impacto por asteroide

Remédio para apagar sua memória

Passeando pelos museus virtuais

Descoberta molécula responsável pela memória humana

Lógica e português estruturado

Nossa Newsletter mudou!

Molécula capaz de neutralizar células do câncer

Testamos o IPFS: hospedando um site