Postagens

Duino-Coin: Para aprender sobre mineração

Imagem
A Duino-coin foi fundada em 2019 por estudantes de graduação em ciência da computação, é um projeto de criptografia que permite minerar e aprender sobre esta prática em qualquer dispositivo de baixa potência. Geralmente minerar criptomoedas exige equipamento potente e de alto custo. O que pode dificultar o aprendizado sobre os princípios e técnicas desta prática. Pensando nisso, o projeto Duino-coin proporciona aprender e realizar a mineração de uma criptomoeda chamada Duco. O algoritmo roda no Raspberry pi, Arduino, ESP8266/ESP32, CPU antiga, Smartphone e SmarthTV, roteadores, etc. Se você deseja aprender sobre criptografia e coletar algumas criptomoedas Duco, pode ser uma boa ideia estudar este projeto em: https://duinocoin.com Veja as estatísticas clicando aqui!

Colando na escola com Inteligência (artificial)

Imagem
GPT-3 (abreviação de "Generative Pre-trained Transformer 3") é um modelo de linguagem de inteligência artificial de última geração desenvolvido pela OpenAI. É um dos maiores e mais avançados modelos de linguagem atualmente disponíveis, com mais de 175 bilhões de parâmetros. Um dos principais usos do GPT-3 é gerar texto humano. Dado um prompt, o modelo pode gerar uma resposta coerente, fluente e muitas vezes difícil de distinguir do texto escrito por um ser humano. Esse recurso tem uma ampla gama de aplicações potenciais, incluindo chatbots, geração de conteúdo e atendimento ao cliente automatizado. O GPT-3 foi treinado em um enorme conjunto de dados de texto gerado por humanos, o que permite entender a estrutura e o contexto da linguagem de maneira semelhante à forma como o cérebro humano processa a linguagem. Como resultado, é capaz de gerar um texto que muitas vezes é mais natural e coerente do que o texto gerado por outros modelos de linguagem. Um dos desafios do uso

O promissor protocolo NOSTR

Imagem
Nostr é um protocolo de comunicação que está ganhando visibilidade e sendo usado em vários softwares. O que parece promissor é a solução para descentralização do login na comunicação. O que ganha força neste protocolo é a falta de registro, contas, e-mails ou senhas. Em vez disso, a autenticação é baseada inteiramente em chaves criptográficas, fornecendo privacidade automática, criptografia e assinaturas incorporadas diretamente ao protocolo subjacente. Basicamente, os desenvolvedores de aplicativos têm agora uma tecnologia centrada na privacidade. Podem se concentrar na construção do software sem a dor de cabeça com processos de login, banco de dados, etc. Cada usuário gera uma chave criptografada pública que serve para divulgar aos amigos e funciona como um tipo de identidade digital, e também, uma chave criptografada privada que serve como um tipo de login universal. A chave privada equivale a senha e a pública serve como nome de usuário. Como o usuário é o único proprietário

Plataforma para postagem anônima

Imagem
O telegra.ph é um ambiente mantido pelo Telegram desde 2016 e tem como proposta garantir a liberdade de expressão. Cada internauta pode postar o que desejar sem a necessidade de se identificar. Se você deseja manter seu conteúdo gravado na internet por longos períodos, sem precisar investir com custo de hospedagem ou manutenção de um blog fixo. O telegra.ph pode ser uma solução interessante. Embora seja mantido pelo Telegram, não é necessário abrir uma conta se a postagem não será alterada com o tempo. Sem a necessidade de editar o conteúdo, você pode simplesmente abrir a página do telegra.ph e postar seu conteúdo. Ele ficará gravado na internet até algum dia o Telegram descontinuar o serviço. Postar seu conteúdo é muito simples. Basta abrir o endereço telegra.ph em qualquer navegador, seja no PC ou no celular, e preencher com título, nome do autor e conteúdo do texto. É possível inserir imagens e incorporar vídeos do YouTube e Vimeo colando links diretamente no canvas. Além disso

Mirror: plataforma descentralizada blockchain

Imagem
Mirror é uma plataforma para postagem de conteúdo descentralizada, construída na rede Ethereum. A plataforma é de fácil utilização para quem já está familiarizado com a conexão da carteira Ethereum em serviços da web 3.0. Uma das vantagens desse tipo de publicação é que sua postagem fica associada ao seu endereço Ethereum, fixando seu conteúdo em um blockchain descentralizado em vez de servidores web. Fiz algumas postagens para testar o ambiente que além de fácil, descentralizado e gratuito, oferece uma forma segura para quem deseja se expressar na internet. Suas postagens são mantidas de forma criptografada. A plataforma descentralizada de blogs foi lançada em dezembro de 2020, desde então vem ganhando adeptos. É possível adicionar colaboradores, gerando um blog com mais de um autor. Se você possuí uma carteira ethereum, pode se logar no seu blog pela MetaMask, Coinbase Wallet ou WalletConnect. Acesse meu blog mirror em: https://mirror.xyz/0x5D9... Mai informações acesse: ht